quinta-feira, 26 de maio de 2016

Viajar pelo mundo através dos livros

Escrevi um pequeno artigo sobre como os livros nos fazem viajar pelo mundo, pelo universo, pelo tempo. Está tudo no meu outro blog: Caneta, Papel e Lápis.
Quero convidar-vos a passar lá e a deixarem a vossa opinião.

https://capala.wordpress.com/2016/05/26/viajar-pelo-mundo-atraves-dos-livros/

domingo, 8 de maio de 2016

Leituras do Mês de Abril 2016

Conforme combinado vou agora começar a fazer um post mensal com as leituras de cada mês (romances e BD), uma pequena opinião e a classificação que vai de 0 a 10.
Como sempre, estejam à vontade para comentar e fazer sugestões.


"Two for the Dough", de Stephanie Plum
O segundo livro da série é ainda mais divertido que o primeiro. Há mais tensão entre a Stephanie e o Joe (com cenas hilariantes) e as tiradas da Gradma Mazur são o máximo!
Os únicos senãos deste livro foram algumas cenas que estavam lá só para encher palha e o facto de o vilão principal não passar de um mauzão sem razão, embora o segundo vilão tenha mais conteúdo. No geral é um bom livro para rir e descontrair.
7/10

"Matadouro Cinco", de Kurt Vonnegut
Gostei bastante da escrita e do início da história, no entanto senti que o Billy tinha a personalidade de um cubo de gelo e por isso criei um distanciamento com história, apesar do tema sensível. E a verdade é que o climax da trama, o bombardeamento, quando chegou fê-lo sem a pompa e circunstância que todo o livro tinha sugerido.
Por outro lado adorei a forma como o autor misturou a ficção científica/fantasia com o real.
Adorei a prosa e algumas artes são muito boas, mas no geral foi um livro que prometeu mais do que deu.
6/10
"You're Never Weird on the Internet", de Felicia Day
Uma biografia escrita de forma divertida e descontraída, com tiradas que me fizeram sorrir e outras reflectir.
Só gostava que tivesse ido mais a fundo em temas como: a depressão da autora; as tribulações com a criação da websérie que lhe deu fama.
Podem ler a minha opinião completa aqui no blog.
6,5/10

"Plutonium Blonde", de John Zakour
Um livro que me divertiu do início ao fim. Um pulp-fiction com sabor aos de antigamente mas com um toque de ficção científica que lhe dá outro fôlego. O detective principal tem um humor fabuloso e o seu assistente IA (Inteligência Artificial), o HARV, é do melhor que há! Já não me divertia assim com um livro há bastante tempo. Mas a história não lhe fica atrás e há surpresas escondidas em todas as esquinas. Algumas mais previsíveis que outras mas sempre bem conseguidas.
Por fim não posso deixar de recomendar, efusivamente, a versão audiolivro da Graphic Audio, que é brutal!
8/10


"iZombie - Volumes 3 e 4", de Chris Roberson e Mike Allred
Depois de começar a ver a série de TV decidi terminar a leitura desta BD cujo primeiro volume eu já tinha lido em 2011.
Nestes dois últimos volumes a história muda um pouco e vai ficando mais louca à medida que o final se aproxima. E não é que eu não goste de coisas fora do normal mas chegou ali um momento que já era absurdo demais. No entanto a arte é lindíssima, as personagens estão muito bem criadas e o final em si foi bem conseguido. Eu gostei, apesar de toda a loucura.
Ah, e para quem viu a série (que é muito boa), fica o aviso que a BD tem pouco em comum. São duas entidades separadas mas que valem a pena por razões bem diferentes.
7/10

Graphic May - divulgação

As meninas dos blogs Página Encadernadas e Os Devaneios da Jojo estão a fazer, este mês, um desafio que chamaram de Graphic May que consiste em ler o maior número de Romances Gráficos (ou Novelas Gráficas, como quiserem chamar-lhes) e Bandas Desenhadas durante o mês de Maio.

Eu vou juntar-me a elas até porque preciso ler muitas das BDs que tenho cá por casa há que tempos.
Juntam-se a nós?

::Conto:: Estilhaços

"Estilhaços", um conto de Carina Portugal (Fantasy & Co)

Opinião:
Este conto está contado num tom bastante assustador, especialmente na cena da bruxa. Essas cenas funcionam muito bem para manter o leitor alerta.
E em pouco tempo as duas personagens ficaram bem definidas.
Contudo achei a introdução desnecessária e o final não me convenceu por completo, devido à falta de informação. Como é que funciona o espelho? De quem eram os corpos nos sacos? Que é feito da bruxa?
Muitas perguntas ficaram sem repostas mas a verdade é que a escrita da autora empolgou-me.

Sinopse:
Ninguém se lembra da última vez que o solar do Outeiro dos Alecrins foi habitado. Ninguém se lembra de algum dia o outeiro ter tido uma flor digna desse nome. Só se escutam os rumores de que o velho casarão está assombrado. Isso é fermento para a imaginação dos mais pequenos e um perigo para os mais ousados.

É aqui que ela mora

"É Aqui que ela Mora", de Sílvia Mota Lopes, Carla Pinto e Célio Vieira Peixoto

Opinião:
Nunca fui grande apreciadora de poesia mas tendo já lido outro livro da autora (Ser Dia e Noite Ser) decidi ler também este.
A maioria dos poemas não me marcaram mas alguns destacaram-se: O Sol e a Borboleta; A Chuva; O Gato Poeta; Lua ou a Fada Luna (que me fez revisitar o outro trabalho da autora que tinha lido); e O Segredo.
As ilustrações (de Carla Pinto) estão, na sua grande maioria, bem enquandrados com a história embora nem sempre o estilo seja consistente, o que não sei se foi de forma propositada ou não. 
Por outro lado a escolha do tipo de letra está bem conseguida mas penso que se estivesse mais bem integrado nas ilustrações teria ainda mais impacto.

As músicas no CD (de Célio Vieira Peixoto)foram uma boa adição e tenho a certeza que as crianças irão adorar. Aliás, todo o conceito do livro, unindo várias formas de arte, é muito interessante e apelativo.
Este trabalho acaba por não ser tão apelativo aos graúdos, embora possa ser bem apreciado. 
Recomendado para as crianças.

Abaixo deixo um vídeo com algumas das músicas incluídas no CD, baseadas nos textos da autora: 

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Clube de Leitura - Maio 2016

Este mês o Clube de Leitura sugeriu as seguintes leituras:
- "Veneza Pode Esperar", de Rita Ferro;
- "The Umbrella Academy", um romance gráfico de Gerard Way e Gabriel Bá.



Convido-vos a juntarem-se a nós amanhã às 15h00 para falarmos de "Veneza Pode Esperar" e/ou às 17h30 para discutirmos "The Umbrella Academy".
Vamos estar, como habitualmente, na Bertrand de Braga (Liberdade Street Fashion - Avenida da Liberdade).

sábado, 23 de abril de 2016

Dia Internacional do Livro e dos Direitos do Autor

Não podia deixar passar o Dia Internacional do Livro e dos Direitos do Autor em branco, certo?

Por isso gostaria de vos convidar a divulgar, aqui e nas redes sociais, quais os vossos autores favoritos de sempre e qual o(s) livro(s) que leram este ano que mais gostaram.

E porque além de autora sou também leitora, deixo uma pequena lista de alguns dos meus autores favoritos (sem ordem de preferência): Markus Zusak, Marissa Meyer, Luís Filipe Silva, Edgar Allan Poe, J.K. Rowling, Carina Portugal, Brandon Sanderson, Vitor Frazão, Robin Mckinley, João Barreiros, Manuel Alves.
E o livro que mais gostei de ler este ano foi: "28 Days Later", uma banda desenhada de Micheal Alan Nelson e Declan Shalvey.

E não se esqueçam de respeitar sempre o trabalho do autor, seja ele escritor, fotógrafo, músico, ilustrador, compositor, escultor ou outro "-or".
Ajudem os autores e lembrem-se de, sempre que usam uma foto linda no vosso mural do facebook ou no blog, mencionar que é o autor (ou caso não saibam referir isso mesmo). Os autores do mundo inteiro agradecem!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails