sábado, 31 de outubro de 2015

Sete Minutos Depois da Meia-Noite

 "Sete Minutos Depois da Meia-Noite", de Patrick Ness, a partir da ideia original de Siobhan Dowd, com ilustrações de Jim Kay

Opinião:
Este foi o terceiro livro que li de Patrick Ness, e o primeiro que não faz parte da Trilogia Chaos Walking. Como os outros dois livros me deixaram com sentimentos muito opostos, tentei então este para tentar equilibrar a balança.
"Sete Minutos Depois da Meia-Noite", ou "A Monster Calls" no original, é uma história que o autor desenvolveu a partir de uma ideia da autora Siobhan Dowd, que eu não conhecia. Além disso este pequeno livro é acompanhado de fascinantes ilustrações de Jim Kay.

A história em si é bastante fácil de adivinhar logo no primeiro capítulo. o autor não tenta esconder o tema soturno que é um dos pilares da história: o cancro da mãe de Conor. Mas falemos então do que dá nome a livro: o Monstro! E aqui Patrick Ness consegue evocar uma criatura tão fascinante quanto arrepiante; muito sábia e que traz uma grande profundidade à história. A interacção do Conor com o monstro cria algumas cenas poderosas, que nos fazem pensar.
Conor, a personagem principal, foi contudo uma personagem com a qual tive alguma dificuldade em me identificar, pois embora as suas acções acabassem por fazer sentido no final do livro, a verdade é que no início do livro o seu comportamento me afastou um pouco: o seu ódio para com a antiga amiga e a sua placidez com os que o magoavam. Percebia-se que ele achava que merecia ser castigado e aquela cena na sala da/a director da escola, depois de ele ter feito algo verdadeiramente atroz, foi muito poderosa e, no fundo, foi uma das cenas que mais abertamente mostrou o Conor e os seus receios. Mas mesmo assim a reacção das outras pessoas aos actos dele foram muito anormais. Depois de tudo aquilo tinha de haver castigo, mesmo tendo em consideração que a mãe dele estava doente. Não é verossímil que não houvesse consequências.

Tirando isso eu gostei muito da forma como o tema do cancro foi falada e de como a evolução do Conor se foi desenrolando, de como no fim tudo se compôs. Não que tudo ficasse bem, mas passaram a fazer sentido e aquela cena final foi bastante poderosa.


Contudo eu tenho plena noção que teria gostado ainda mais do livro se há uns meses atrás não tivesse lido "I Kill Giants - Eu Mato Gigantes" (opinião aqui), de Joe Kelly e JM. Ambos livros retratam o mesmo tema de forma mais ou menos similar, através dos filhos de mulheres que sofrem de uma doença. Ambos jovens sofrem de bullying e ambos vêem criaturas sobrenaturais que os ajudam a lidar com a situação.
Dito isto nenhum dos dois é perfeito mas ambos são muito bons, ambos merecem ser lidos.

Noutra nota, senti que talvez Patrick Ness  tenha tentado  homenagear demasiado a ideia original porque sinceramente a escrita não se sobressaiu muito, ao contrário do que me aconteceu quando li "The Knife of Never letting Go (opinião aqui)". Não é que tenha feito um mau trabalho, mas a sua prosa não me surpreendeu.

Em suma, Sete Minutos Depois da Meia-Noite é uma história bem contada, para leitores de quase todas as idades, com um grafismo fabuloso e que retrata de forma muito directa um flagelo que afecta muitas famílias. O final é agridoce mas perfeito e este é um livro que se lê de uma assentada mas que pode marcar.
Num última nota tenho de dizer que a edição e tradução portuguesas estão excelentes, têm muita qualidade e o livro vale a pena ser adquirido na nossa língua.


Sinopse:
Passava pouco da meia-noite quando o monstro apareceu.
Inspirado numa ideia original da escritora Siobhan Dowd, que morreu de cancro em 2007, Patrick Ness criou uma história de uma beleza tocante, que aborda verdades dolorosas com elegância e profundidade, sem nunca perder de vista a esperança no futuro. Fala-nos dos sentimentos de perda, medo e solidão e também da coragem e da compaixão necessárias para os ultrapassar. Fantasia e realidade misturam-se num livro de exceção, com ilustrações soberbas que complementam e expandem a beleza do texto.


Booktrailer (inglês):

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails